sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Chocolate.

Tá. tem um guri serelepe sentado do meu lado me induzindo a escrever coisinhas no meu blog.
Certo...que tipo de coisinhas?
Não sei. vou perguntar.
Mah: Bruno, o que você quer tanto que eu escreva? o.o
Bruno says: Poderiamo escrever sobre o quão bonito é o gorjear dos pássaros ou o nascer do Sol, porém iremos falar da importância econômica associada às dançarinas tailandesas.
Mah: Ahn...eu gosto de chocolate man! :/...você não me deu nenhum pedacinho pequeno e insignificante, que óbviamente não prejudicaria sua vida ou realização profissional.
Bruno: O egoísmo é uma estratégia adaptativa! :F
Mah: mas você já é um rapaz muito adaptado! -.-
Ah...deixa pra lá...vamos escrever um poeminha juntos. Eu começo.

A vida nos presenteia em diversas situações, seja com uma caixinha de bis, ou um amigo serelepe.
A vida pode transformar a simpicididade em poesia, seja por um leve pisar de meia na grama ou um saco de piadas ambulante.
A vida pode nos presentear com um..."MÃAAE VÔ NO PAGODE!!!"...Ahn...perdi a linha de raciocínio.
Mas ela também pode nos trazer um..."CAAARA, QUEM É AQUELA GOSTOSA NO SEU ORKUT?"..OPS, acho que perdi a linha denovo. -.-...(Conversas em sala de aula perto de mim fazem isso).
Naqueles breves momentos de pescaria em sala de aula "aperta os bagos dele"
Ou em momentos de desvairo onde meias pretas e chinelo havaiana se torna uma nova febre mundial (muito hot).
Tá.

tchaupravocÊ! (o bruno não sabe brincar! e não, você não vai entender isso).
:*

ps: post dedicado ao meu mais novo amigo serelepe Bruno.
Mesmo você sendo um rapaz que me recrimina e fala mal dos meus bagos...Eu gosto um tantão de você! :)

domingo, 2 de novembro de 2008

O Meio Ambiente.

Tanto se fala atualmente na questão ambiental. Mas o que seria esse tal Meio Ambiente e todo esse "rebuliço" no qual ele está envolto nos últimos tempos?
É fato que meio ambiente é muito mais do que plantinhas e florezinhas. Não é um campão verde com um lago de água corrente e animaizinhos felizes em torno do mesmo. Meio Ambiente é a tua casa, teu trabalho, tua cidade, um potinho com partículas de poeira, Enfim, é preciso uma visão olística disso nos dias atuais.
Fala-se muito e faz-se pouco. Isto é outro fato.
Após a revolução Industrial temos um quadro de aumento na liberação de gases que aos poucos foi se tornando exponencial, e como vemos, catastrófico. Mas pelo visto isso não toca nenhum pouco o nosso "homem moderno". Este quer "extravasar", usufruir desenfreadamente de seus recursos materiais e minerais sem pensar no amanhã e na questão de se desenvolver sustentávelmente, o que é uma pena e tanto.
A questão, é que todas estas catástrofes ainda podem ser contidas se tiverem devida atenção, ao começar por grandes empresas e multinacionais que só têm a ganhar se investirem na "Educação Ambiental" ou projetos para a preservação ou reutilização do mesmo e seus recursos. Maaaas a acomodação que não sai de moda fala mais alto, e pagar algumas multas por infringir leis ambientais recentes se torna mais cômodo.
O fato é que estamos destruindo nossa Terra, aquela mesma Terra que nos acolheu e nos fez crescer para poder destruí-la, mostrando o quão sem caráter somos. Aquela mesma Terra que vai cobrir nossos corpos com grande maternidade e resignação quando este não tiver mais serventia. Estamos depredando, estuprando, destruindo, arrazando nossa mãe Terra, e o único preço que vamos pagar por isso será a morte de nossos sucessores, ou se preferirmos, de nós mesmos.

terça-feira, 14 de outubro de 2008

O Registro.

Quando você leu o título, pensou o que?
Que eu fosse pedir para que você se registrasse em algum site, algum programa?
Ou o registro da água da sua casa?
Ou documentação de pessoas?.
Tá, não é bem isso, o negócio é outro!
É que muitas vezes registramos nossos momentos, nossas vidas através de documentos como fotos, poemas, frases, desenhos, textos, enfim, tudo é válido para depois lembrar desses momentos (ou fazer alguém lembrar deles!).
Comigo não foi, na verdade não é muito diferente, tenho por maniiiia expressar meus sentimentos com uma caneta e papel, um blog na internet, uma foto que eu "apanho" pra tirar de uma forma que a luz bata do "jeito certo", ou que ela transborde sentimentos ou sensações em mim, ou quem irá ver ao ponto de captar o que eu quis transmitir.
Gosto de rever, reler tudo o que registrei e ver o quão diferente estou, faço uma análise dos prós e contras, e confesso que até me divirto com coisas que hoje são tão fúteis ou infantis, mas no momento eram tão importantes e sentimentais que até me faziam chorar.
Seria isso um sinal de amadurecimento ou endurecimento e perda de sensibilidade em relação ao mundo atual? É, não sei bem como distinguir.
Outra coisa que percebi, é que acreditamos muito no eterno, tanto em relação a amizades, a amores, a lugares. Mas na verdade tudo isso de alguma forma vai passando ou perdendo tal importância. Tá bom, não generalizando afinal de contas eu sempre odiei genrelizar! QUAAASE tudo passa ou perde importância...melhorou?...^^" pois sim!
De certa forma é bom passar por todos estes tipos de sentimentos, sensações, sofrimentos (aparentes ou reais), pois visto que estes nos machucam e fazem cair são primordiais na nossa lapidação em busca da perfeição que nunca chega, são ferramentas e tanto!
Até porque, entra também aquela célebre frase: "O que você vai contar pros seus netos?"
Ah, pelo menos você sofreu um pouquinho, amou um pouquinho, aprontou um pouquinho, fez de tudo um pouquinho (ou muito, aí eu já não sei), e com os registros dá até pra provar e rememorar tudo isso!
Matem seus netos de inveja!
Pelo menos eu vou tentar, visto que esta juventude precoce está me matando de desespero...

sábado, 20 de setembro de 2008

A sensação

Qual sensação? São tantas!
Honestamente, eu comecei esse post pelo título e mal sei do que se trata, apenas sugeri este título que foi a primeira coisa que passou pela minha cabeça.
Mas que droga de sensação é essa da qual eu quero falar?
Se eu mal sei explicar de onde ou como ela veio,
quando irá embora, se é que irá embora...
Você, me diga você caro(a) leitor(a)...Se é que existe (...)
Que sensação te acomete no presente momento?
Histeria? Dor? Alegria? Medo? Inveja? Ciúme? Prazer?
Qual a sensação que a tua atual situação lhe traz?
Amar é sensação ou sentimento? Os dois?
Sonhar é sensação ou ação? ato de sonhar, sensação de estar sonhando... Que seja!
No fim tudo é uma coisa boa...(ou não, depende do "point of view").
E voltando ao sentimento ou sensação de amar, que coisa boa não?
Como não? você nunca amou? Nunca teve a sensação de amar alguém? Nem mesmo o teu bichinho de pelúcia ou animalzinho de estimação?
Sim! esse vale também!
Não é aquele amor carnal que foi provocado por paixão ou por ideais individualistas.
É aquele amor mais-do-que-químico, é um amor sentimental e puro, como o de uma criança táboa raza, mente virgem que o mundo não teve tempo de deflorar.
É aquele amor que sequer precisa ser correspondido, mas que existe e basta, ama-se e se é amado, sabendo ou sem saber, querendo ou sem querer, Apenas ama-se e se é feliz com apenas a existência do ser amado... Esteja ele próximo ou longe, azul ou amarelo, desconhecido do ponto de ônibus, latinha de coca de todos os sábados, cachorrinho que eu tive um dia...
No fim, você descobre que amor é a coisa mais clichê que já inventaram, mesmo que ninguém se arrisque a explicar o que ele é apenas sabe-se de que ele nos leva à perfeição...Seria por supostamente amarmos algo também supostamente perfeito?
Queiramos talvez ser tão perfeitos quanto? Tão carinhosos ou delicados quanto?
Breve e sutilmente a vida é feita de amar e de amores,
de feitos e desfeitos, e desamores.

Assim como comecei, não sei como terminar a postagem...
Poderia eu escrever simplesmente FIM?

sexta-feira, 4 de julho de 2008

La vie.

Sabe...A vida tá bem melhor assim com você.
Não dá pra querer mais nada, nem mais ninguém assim, com você!
Com você os momentos mais banais são mágicos
Os momentos mágicos são,de fato, inesquecíveis.
E simplesmente estar contigo é sinônimo de felicidade.
Agonia é não poder te ver
Ou te ver, mas não bastar só ver.
As brigas são por tolices, defeitos ainda não superados
E quando abrimos os olhos, vemos o quanto estamos equivocados.
Ciúme? Sim, é uma coisa normal!
Mas assumo que me machuca de uma forma descomunal.
A cada dia que passa, sonho minha vida futuramente com você
A cada dia que passa, se torna impossível uma realidade sem você.
Descobri o quão importante pode se tornar um cheiro, um gosto e um olhar.
E não, eu não quero jamais a ti meu amor abandonar.
Meus olhos ficam assim, marejados, só de comentar
Que sem ti, minha vida completa não há de estar.

É clichê mas eu te amo, te reencontrei e não quero mais desencontrar.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Fuga.

Fuga do quê?
De pensamentos? - Não sei...
Aqueles pensamentos que te seguem por onde quer que você vá, independente do que você faça...Bons ou maus... Só te resta a Fuga?
De sentimentos? - Não sei...
Sentimentos estranhos que te atordoam quando um dia esses mesmos sentimentos já te fizeram feliz?...Bons antigamente ou maus agora...Só te resta a fuga?
De pessoas? - Não sei...
Aquelas pessoas que faziam parte do seu dia-a-dia e que por algum motivo peculiar às vezes desconhecido por elas mas bem conhecido por você os afastam...Companheiros ou não...Só te resta a fuga?

Foges de quê então? da vida???
Conforme você cresce as perguntas aumentam e as respostas somem?
Viver se torna algo impossível e você apenas se contenta em existir ou não existir?
Seus problemas são maiores do que o do mundo?
"Que importa se tem uma criança morrendo de fome na Àfrica...Meu pc tá quebrado porra!"
É assim que você pensa também?...Deprimente...Decadente...E anti-evolucionista?

É...Os seres humanos vivem pra morrer e morrem como se não tivessem vivido...
É...O mundo tá acabando e eu estou assistindo com um auto-falante na mão...

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Seaside.

Não... O nome da postagem não tem nada a ver com o conteúdo dela...
O negócio é sobre felicidade mesmo!
Fazer coisas sem sentido assim me traz felicidade : D
Hum...Seaside tbm é uma coisa boa...Vai dizer que não é bom tá na beira do mar?Caminhando...Olhando o sol alto( Ou baixo vc é quem sabe!).
Deu um arzinho bom certo?^_^
Tá tá... O que diabos é felicidade?
Felicidade é "torrar" toda a grana que o seu pai te dá em doces?(Tá...essa foi meio infantil...)
É estudar a vida toda e ter aquele empregão, amigos aparentes, porém mantendo as aparências afinal de contas ela é tudo?
É ficar perto de quem se gosta sem sequer dizer uma palavra mas estar feliz...Só de estar alí...Respirando o mesmo ar, unidos por uma coisa que nenhum de vocês direito sabem oque é, mas que se dane...Estar alí traz...Fe-li-ci-da-de.? (XD)
Pense aí!


É...a chuva tá forte aqui. Vô até desligar o pc.
Beijotchau! :)

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Amigos.



É...Amigos! Criaturas engraçadas...
Têm o poder de adivinhar seus pensamentos, desejos...E até mesmo pensar o mesmo que você e se comunicar por simples expresões faciais. (Aposto que você já passou por alguma situação que te fez olhar pra cara de um amigo e ambos descobrir que pensavam na mesma coisa!)
Uma palavra tão simples e tão clichê que designa o significado de uma pessoa pra você
"O quão fulano(a) é amigo..."
Mais o que diabos é ser amigo?
É um colega de trabalho?... É aquele que você divide a marmita, ou alguns ideais?Aquele que tá com você todo dia rindo das suas piadas por mais sem graças que elas pareçam?
Pode até ser...
Mas às vezes a gente não sabe...Que o nosso melhor amigo não é aquele que fica te bajulando...Não desgruda de você ou compactua com as suas bobagens...
Mais é aquele que te adverte quando algo não tá certo...Que te chama de gorda quando você tá gorda (RSRS)... E que não vive grudado em você, mais te aprecia à distância tendo por ti um imenso carinho...
São poucos Àqueles a quem chamamos de "Amigos" nesse mundo cão.
E é irônico eu falar assim de amigo e postar uma foto de mim tão sozinha...





Um feliz ano novo! Mesmo quando tudo está apontando o contrário.