sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Chocolate.

Tá. tem um guri serelepe sentado do meu lado me induzindo a escrever coisinhas no meu blog.
Certo...que tipo de coisinhas?
Não sei. vou perguntar.
Mah: Bruno, o que você quer tanto que eu escreva? o.o
Bruno says: Poderiamo escrever sobre o quão bonito é o gorjear dos pássaros ou o nascer do Sol, porém iremos falar da importância econômica associada às dançarinas tailandesas.
Mah: Ahn...eu gosto de chocolate man! :/...você não me deu nenhum pedacinho pequeno e insignificante, que óbviamente não prejudicaria sua vida ou realização profissional.
Bruno: O egoísmo é uma estratégia adaptativa! :F
Mah: mas você já é um rapaz muito adaptado! -.-
Ah...deixa pra lá...vamos escrever um poeminha juntos. Eu começo.

A vida nos presenteia em diversas situações, seja com uma caixinha de bis, ou um amigo serelepe.
A vida pode transformar a simpicididade em poesia, seja por um leve pisar de meia na grama ou um saco de piadas ambulante.
A vida pode nos presentear com um..."MÃAAE VÔ NO PAGODE!!!"...Ahn...perdi a linha de raciocínio.
Mas ela também pode nos trazer um..."CAAARA, QUEM É AQUELA GOSTOSA NO SEU ORKUT?"..OPS, acho que perdi a linha denovo. -.-...(Conversas em sala de aula perto de mim fazem isso).
Naqueles breves momentos de pescaria em sala de aula "aperta os bagos dele"
Ou em momentos de desvairo onde meias pretas e chinelo havaiana se torna uma nova febre mundial (muito hot).
Tá.

tchaupravocÊ! (o bruno não sabe brincar! e não, você não vai entender isso).
:*

ps: post dedicado ao meu mais novo amigo serelepe Bruno.
Mesmo você sendo um rapaz que me recrimina e fala mal dos meus bagos...Eu gosto um tantão de você! :)

0 comentários: