sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Uma tragédia pessoal.

E agora? Qual é o próximo passo? Qual a nova tática para atingir alguém?
Qual o próximo tiro, a próxima vítima, o novo saco de piadas ou a próxima mentira?

É uma tragédia grega mal feita, com péssimos atores...daqueles de baixo-sub escalão.
É uma tentativa de farsa vicentina que não passa de três linhas mal escritas, pois a pressa e a vontade de impressionar alguém não te deixam escrevê-la com maior perfeição...Como a última que você escreveu, que por sinal, foi quase perfeita.
Quase!
A questão é que os seus personagens criaram vida prórpia, como você não previa... E por um momento me tornei protagonista, me contrapondo a ti, antagonista...que vulgarmente chamam de vilão. Eu particularmente...chamaria o antagonista de um desajustado social, que não se arranja em canto algum e não passa de um "não sei".
Não é mera coincidência, ou erro eu utilizar o antagonista e autor na mesma pessoa. É apenas uma verdade inconveniente.
Uma verdade bem escrita, por mim, agora.

Ah, escreva um pouco melhor seus próximos atos...Esperarei para ler cada um ávidamente, se eu tiver tempo e disponibilidade para isso, é cláro. (o que eu duvido muito que eu vá ter...)

0 comentários: