domingo, 18 de outubro de 2009

Desejo e bom senso.

Que tal os dois?
Ahn, não.


A vontade é de gritar. Mas o bom senso me reprime, fazendo com que eu simplesmente espere e sorria. (O meu melhor sorriso, é claáro).
Os dias se passam rápidos e lentos, e quanto mais eu penso, mais enlouqueço e, logo existo.
Não preciso mais de dúvidas, não as quero mais.
Apenas minhas pequenas-grandes certezas guiam meus passos ao destino almejado e, vou sem culpa, sem pensar ou fraquejar na dúvida que já não existe mais.
Agora vem o passo, outro passo.
Dois pequenos e rápidos "passos".
Em cada um, uma certeza, uma confiança e um futuro promissor.
Certo?

0 comentários: