sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Changes.

"If i had a chance for another try,
I wouldn't change a thing!
It's made me all who I am inside."

Angels and Airwaves - Rite of spring.


E então a garota deixou toda aquela multidão falando sozinha.
Eram palavras já conhecidas, nada de novidade para ela. Nada além do esperado.
Tão previsíveis... Tão incompreensíveis. Humanos, é cláro.
"Quem precisa de números?" Ela pensava.
"Para quem eu devia satisfações, explicações...em vão, é cláro. Eu as dei. (ou não, por enquanto)"
Foram explicações sentimentais tão bem dadas que, quem realmente via a garota por dentro pôde compreender. Não concordar, mas compreender. Talvez até concordar, como foi o caso de alguns.
Alguns poucos, é fato. Mas os necessários, somente.
E então a garota abraça longamente aqueles quais sorriem para ela. Sorriem e acenam, vendo muito mais do que uma atitude impulsiva e inconsequente em tudo aquilo.
Após tal ato reconfortante ela se vira, sorri um sorriso largo, espontâneo daqueles de quem se vê amando e, vai ao encontro do abraço daquele que a espera impacientemente, simplesmente por um sorriso.

0 comentários: