quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Étoiles

Olá.
Provávelmente você deve ter se perguntado o significado do título da postagem.
Bom, significa simplesmente "Estrelas", só que em francês.
Não quero supervalorizar outra língua, só gostei das estrelas como étoiles.
.


"Olhar teus olhos de promessas fáceis, e te beijar a boca
de um jeito que te faça rir, que te faça rir."
Hoje eu cheguei a conclusão de algo que venho concluindo a certo tempo.
Daqui pra baixo, pode até parecer uma antítese, ou uma pessoa em devaneios ou divagações mas...
Concluí que meu coração e pensamentos jamais concluirão, sequer processarão todo esse sentimento "teu" que me invade.
É como um oito deitado, como os multiversos não finitos, como um abstrato de inúmeras possibilidades de explicação que, prefere-se que não seja explicado, de modo que seja preservada sua majestosa infinidade de significado.
É diferente de qualquer coisa que já pude sentir, é incrívelmente grandioso, forte e bom.
Incrívelmente bom.
Desesperador talvez.
A ausência desespera, a saudade na presença desespera e acalma.
Não peço reciprocidade de pensamentos, eu a imploro.
Não peço que me ame pro resto da vida, esse é só o meu maior desejo escondido e escancarado.
Escondido aqui dentro do peito, que de tão escancarado não consigo apalpar.

Certo dia, escrevi uma música, caro leitor. Creio que ela foi bem recebida pelo meu público.
Se um dia, quando eu estiver num talk show, ou mesmo em uma roda de um lual me perguntarem "Hey Mari, me diz pra quem você fez a tal música?"
Eu vou simplesmente responder:
"Sabe aquelas músicas vazias de sentimentos, porém cheias de palavras?
Então...Essa foi uma delas! Queria algo que fizesse mais sentido para os outros, que agradasse os ouvidos alheios, mais do que fizesse sentido para mim.
Porém, um certo tempo depois de escrita, assim como ela pode fazer sentido para quem a ouve, passou a fazer sentido para mim. E ela faz sentido, até hoje e, especialmente nesse trecho:
"Aquele dia, aquele papo furado, ficou na minha memória.
Fique sabendo que eu quero você pra construir minha história.
Ah, como eu quero te ter
Ah, como eu quero te ver
Ah, como eu quero você...Aqui."

Na época...por mais que parecesse, não foi. Hoje... Posso dizer que ela foi escrita prevendo algo que estava por vir. Talvez eu deva mudar o nome da música para... "Prevendo você aqui".
(risos)"

Sou o caminho para o sucesso, certo?
O teu, o meu, o nosso sucesso.

1 comentários:

Rogerio Martins disse...

Eu adoro essa musica *-*