domingo, 28 de fevereiro de 2010

Missing you.

É uma música do John waite. Que por sinal, eu imaginava uma outra tradução. O que sempre pareceu "I am missing you", descobri ser "I ain't missing you".
Foi um fato chocante, mas o restante da música é uma completa contraposição à idéia de não se sentir falta.

Ultimamente tenho feito uma idéia diferente de promessas, de palavras.
Para quê o ser humano tem a necessidade de prometer? jurar?
Não basta a palavra ou a idéia propriamente dita?
Palavras nunca são esquecidas, se têm a devida importância. Caso contrário, não as julge dignas de promessas. Apenas vá vivendo, e pagando pra ver.
E é exatamente por isso, que não existem contratos verbais. Seres humanos são todos falhos, propensos a ventanias e Tsunamis diários, enchentes ou calores excessivos...E tudo isso afeta a cabeça, nunca se esqueça!
Portanto, faça sempre as coisas por escrito. Papel timbrado, reforçado e plastificado...Assim fica mais difícil de rasgar na hora da raiva.

0 comentários: