quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Ímpetos

...Que me movem, se movem.

Às vezes, a dúvida é uma bênção.
Bênção que te mantém sem respostas, sem ações e sem pareceres.
O meu problema está em nunca querer ter dúvidas. Então eu escolho alguma porta, enfio a cara e "parto a cabeça" denovo.
Dessa vez eu ainda não parti, e nem pretendo.
Infelizmente, não pretender nunca teve por significância premeditar que de fato eu não vá "partir a cabeça"...Mas acontece que, estar pré-parada dessa vez, é substancial!
Acalme-se! Agora vem a melhor parte :" Pré-parada para o quê?".

É, engraçado! Eu ainda não me decidi!
Agora fique sabendo que nem pretendo me decidir por nada.
Viverei com a dúvida de quem aguarda por uma certeza nesse mar de incertezas certas.

A little less expectations.

0 comentários: