domingo, 3 de outubro de 2010

Quebre Regras

Quebre tudo aquilo que foi proposto, e que se pararmos pra pensar...Não existe.

No jogo da minha, sua, nossa vida...Não existem e nunca existiram regras.
Existem fatos, e existe aquilo no que você decide transformá-los.
Importe-se, seja importante.
Seja o céu, um sol do meio-dia, um dia chuvoso preguiçoso... "um Anjo".
Seja o que quiser e o que precisar ser. Num momento ideal e só seu, que no fundo... você nunca saberá se é realmente o ideal. O ideal é que não deixe isso passar, e ponto.
Eu poderia passar horas a fio aqui, discursando a minha vontade e disposição de viver esse mar de coisas que, sutilmente, me está sendo proposto. Eu poderia gritar a plenos pulmões, ou sussurar num certo ouvido, tudo o que me atormenta e tudo o que me faz feliz.
Eu poderia dizer que uma certa simples presença, tem transformado um dia qualquer em memória permanente. Em coisa gostosa de se lembrar. Em sentimento gostoso de se sentir.
Eu poderia ter jogado tudo pro alto naquele instante, inclusive o medo e a probabilidade iminente de te ver correr porta à fora assustado, e ter dito uma meia dúzia de frases bonitas. Uma meia dúzia de sentimentos incertos, mas coerentes e paradoxalmente verdadeiros.
E agora terminando...Eu poderia dar uma desculpa esfarrapada qualquer e dizer que é fase, que é coisa da idade...Que é (in)consequência da minha imaturidade. Mas tanto eu, quanto você...Em algum lugar do tempo ou do sentimento, tem a convicta certeza banhada em medo, de que tudo isso pode ser, como tem caminhado para a mais plena verdade.

E assim eu vivo, um dia de cada vez.

1 comentários:

Cova disse...

Um dia de cada vez!!!
;)