terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Um ano Depois...

Um ano passa muito rápido, mas é muito tempo.

Tempo rápido e rasteiro, digno de muitas mudanças.
Digno de descobertas.
Hoje eu me pergunto quais eram as minhas metas a um ano atrás...E se elas foram alcançadas.
Não alcancei nenhuma delas não, Hoje graças à Deus.
Talvez só a meta de continuar viva...
É que a pessoa pela qual eu vivo mudou.
Se antes eu vivia por alguém, hoje eu só vivo pra mim. E vejo como eu estaria perdida se tivesse insistido na loucura que é não me amar.
O mundo deu voltas e eu aprendi que ele nunca vai parar.
E é melhor que continue assim.
Melhor não criar metas levianas dessa vez... Prefiro não me surpreender ano que vem, muito menos "errar antes de acertar".

Enquanto você continua aí, Platônicos , sonhando.
Eu vivo.
Sonhando.

0 comentários: