quarta-feira, 4 de maio de 2011

E então...

Num repente, quando te vi na minha frente
Todos os meus desejos se expressaram numa coisa só.


Mentirinha. Eu tenho desejos demais para que eles possam ser expressados por algo ou alguém.
Seria demasiado simplista e romântico-exagerado afirmar algo com taaaanta eloquência.
Mas, afirmemos isso só para que fique "bonitinho".
É possível que um raio caia duas vezes num lugar...parecido?
É fato que não é o mesmo raio, e não é o mesmo lugar...Mas é tudo tão convidativo e interessante, que eu me contento em me deixar levar pela correnteza. De forma que eu nunca despenque em uma queda d'água, mas Às vezes possa vir a me assustar com o curso do rio, ou com a agitação do mesmo.
Só sustos.


"Eu viajei pelo seu mundo, me vi com seus olhos e descobri quem sou.
Te pedi pra Deus de presente, pra me ver contente...Ele te inventou."
Haha, que gay.
Mas é lindo. T.T

1 comentários:

Stramundo disse...

A internet é uma coisa engraçada, provavelmente nunca te vi, num te conheci, mas é possível que eu saiba mais sobre você do que aqueles com quem conversa todos os dias...