terça-feira, 17 de maio de 2011

Tão cedo

"Justamente agora, que eu penso em ir embora, você me sorri".


Com cautela, com empolgação... Com algo que eu talvez me recorde de já ter lido na tua voz anteriormente.
Essa satisfação, essa felicidade pode durar dias, meses, anos...Mas em algum momento, devido aos revezes da vida, tu podes voltar a recorrer ao desespero, à frustração sem motivo, à depressão.
E como se comportará? Afastando-me? Afastando-os?
Mais uma vez, o modelo espiral da vida nos é proposto. Nada fica no mesmo lugar, nunca seremos os mesmos, e as situações...por mais que pareçam iguais, nunca serão. Nos proporcionando sempre um diferencial no aprendizado.
"A minha vontade é forte, mas a minha disposição em obedecer-lhe é fraca".
Por mais que eu já tenha utilizado essa frase anteriormente em algum momento da minha vida, não em algo parecido com o hoje, ela faz total sentido no meu agora...Meu aprendizado atual.

Alguns dizem que mais vale a tentativa e a frustração, do que nunca haver tentado.
E eu então te digo... E quando já tentei?

1 comentários:

Anônimo disse...

tem toda razão...