domingo, 5 de junho de 2011

Espasmos

Espasmos que parecem nunca acabar.

A raiva é tanta, que eu me sinto inchar.
A sensação de estar sendo enganada, é algo que me consome há três semanas.
Eu estou terrívelmente estressada e desgastada.
Eu realmente gostaria de esclarecimentos,
Pontos finais ao invés de reticências insuportáveis.

0 comentários: