quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Tensão pré MONSTRual

Eu ainda não sei bem explicar se é devido à TPM, ou alguma coisa minha mesmo.
Mas a minha bipolaridade hoje foi de um extremo ao outro, em dimensões esquisitíssimas...Onde os opostos conseguiam se misturar e coexistirem num sentimento só.
Uma alegria perturbadora. Uma vontade de rir sem motivo. De ter a absorta certeza de que está e sempre estará tudo bem.
Uma tristeza leve. Uma incerteza de que as vontades não são realidades...e que nem todas as pessoas racionalizam como eu. Não sentem como eu.
Só 'sentem muito'.
Eu até então senti muita felicidade nesses altos e baixos da minha vida particular-pública.
Achei que finalmente as pecinhas do quebra cabeça vital começavam a se encaixar, e eu poderia me recostar à sombra de uma árvore frondosa para aproveitar.
Mas o fato, é que mais uma vez as coisas não dependem de mim.
A árvore é um broto. Demorará para me trazer frutos, isso é se crescer. Se quiser me fazer sombra, companhia. Se não desejar por um campo mais florido, ou mais tempestuoso.

De qualquer forma. Existe uma inquietude silenciosa dentro de mim que insiste que as coisas ficarão bem.
Pra mim, independente do que for pra ser.

0 comentários: