sexta-feira, 6 de julho de 2012

Uns dias

"Mas você chegou, já era dia, e não estava sozinha
Eu tive fora uns dias...Eu te odiei uns dias, eu quis te matar".

Mas a gente sabe que é por pouco tempo. A distância faz a gente querer achar que ama, querer achar que quer matar. A presença faz a gente realizar que a confusão entre o conforto e a possibilidade do amor era bem grande.
Se eu sou intensa pra gostar, pra amar, quem não te garantiu que eu seria igualmente intensa para sofrer?
Mas deixe estar, minha predisposição por sentimentos sublimes ainda é maior. E o sofrimento, raiva, ansiedade...ou sei lá que porras é isso, não vai passar de "uns dias", como uma música dos "Os Paralamas do Sucesso".

Sucesso pra mim,
E pra você, só quando a raiva passar...Daqui uns dias. :)

0 comentários: