domingo, 6 de outubro de 2013

Segurança Conveniente

E as vozes que clamavam por mais segurança, são as mesmas que querem retirar a presença da PM no Campus da Unicamp.
Perderam a razão quando após ocuparem a Reitoria, depredaram o Patrimônio e fizeram chacota dos privilégios concedidos ao Reitor, como se fosse injusto que ele tivesse benefícios em relação aos Graduandos. Acham um absurdo um Sr. Reitor ter uma Adega, uma máquina de café, dentre outros mimos. Afinal de contas, ele não difere em QUASE nada de um estudante Universitário em busca de um "lugar ao Sol", não é mesmo?! (sarcasm).
Se apóiam em estatísticas ridículas de que com a PM no Campus a violência vai aumentar. "No ano de Dois Mil e Guaraná de Rolha, um PM matou um estudante DENTRO do Campus".... "Ano passado, Lá na cidade de Mimimi, um PM Estuprou uma estudante". ... TÁ VENDO Como a PM é Perigosa? Eles são gente também. Eles fazem parte do grupo de risco, das estatísticas perversas.
E por conta de 1, 2...10 Policiais bem treinados, mas indisciplinados, displicentes e indignos da farda que vestem (assim como muitos seres humanos criminosos, indignos do ar que respiram), Toda a Polícia militar Paga.
Se apóiam nessas estatísticas ridículas porque não vejo nenhum interesse maior nisso, do que evitar que a polícia interfira no "direito" deles usarem a "Maconhinha nossa de cada dia" livremente pelo Campus. Que aliás, até onde eu sei, ainda não existe uma descriminalização do uso no País. Principalmente em um ambiente Universitário tão culturalmente rico como este. Não permitir que um aluno use suas drogas e financie o tráfico, dentro do Campus se tornou NÃO RESPEITAR a diversidade cultural do indivíduo, que engraçado!... Então quer dizer que todos aqueles usuários de Crack estão tendo seus direitos culturais preservados ao os vermos abandonados pelos becos escuros perdidos em seus VÍCIOS ?
Queremos segurança, mas com parêntesis? Queremos estar seguros, mas não queremos respeitar os princípios básicos de segurança?
Quanto as festas, sabemos que elas ocorrem com frequência, e em todas elas existem pequenos fatos "desgostosos" que acontecem, mas que raramente repercutem por não resultarem em morte, como foi o caso. Era questão de tempo até alguma coisa mais séria acontecer e expor toda a realidade "Universitária" da Unicamp.
Os mesmos estudantes que lutam por tudo isso que foi citado acima, e alguns outros como eu, e outros que não tanto..., querem uma Universidade Melhor. Querem uma comida de melhor qualidade, moradia de qualidade, oportunidades mais justas! Mas, convenhamos... Há de existir uma forma melhor de conquistar isso tudo, para que seus princípios de justiça não se percam em Atos injustos.
Se um dia vocês tiverem a oportunidade de serem Reitores (as) de uma Universidade, ou alcançarem um cargo muito almejado, importante!... Verão que os privilégios cedidos não são um abuso, um absurdo.... E sim, uma questão de Justiça e Reconhecimento.... Agora vai de cada um usufruir disso da melhor maneira possível.
Quanto ao significado da "Presença da PM no Campus", vai aí uma coisa que aprendi com o Marechal, colega da facul (ex-militar) : Não é pra polícia montar patrulha na faculdade! Isso tudo é pra ela poder ter o direito de entrar no campus quando for convocada, quando houver necessidade! Coisa que até então, não podia.

Espero não ser agredida por defender meu ponto de vista.
Não existe certo e errado. Existem coisas e idéias nas quais acreditamos. Respeite a minha, para que eu possa respeitar a sua também.

0 comentários: