sábado, 30 de agosto de 2014

Não bastava ser perfeito.
Não bastava olhar e enxergar o futuro.
Não bastava sentir orgulho de mim, falar meu nome pro mundo.
Não bastava me amar.
Não bastava ser sensível, amável.
Não bastava ser querido por todos, inclusive por mim.
Não bastava querer me agradar de todas as formas.
Não bastava fazer carinho até que eu dormisse.
Não bastava ouvir as músicas que eu tanto gostava, só pra "ficar mais perto".
Não bastava dizer "sim", querendo dizer "não"... Mas sabendo que o sim me faria mais feliz.
Não bastava ser o "homem da minha vida".
Eu não sabia o porquê,
Mas nada bastava.

E dei um basta.

0 comentários: